Aniversáriante: Demi Lovato

Gente, eu amo ela como artista e pessoa, pude ir vê-lá nos palcos duas vezes, a primeira vez foi em 2009, quando ela abriu o show para os Jonas Brothers, a segunda foi em 2010 no HSBC Arena, foram show super incríveis, espero que ela retorne ao Brasil, e Parabéns Demi, que hoje esta completando seus 22 anos. 1 foto dos show que fui.

 

Dia do fotografo

Parabéns a todos os profissionais e amantes de fotografia, eu sempre gostei de fotografia, é uma linda arte, tenho algumas em minha coleção, e amo fotografar a natureza é uma arte natural. Eu sempre entro no tumblr, we heart it, para ver fotografias, as vezes me inspiram, tenho várias pastas no computador.

Aniversário da Tia =)

Oi gente, tudo bem ? Adoro aquele momento em que a família se reuni para comemorar o aniversário de algum ente querido, então hoje foi aniversário da tia do meu pai, e como nossa família sempre gosta de uns click aqui estão alguns deles. Meu pai ainda distribuiu meu cartão do blog pra eles, fiquei bem feliz =)

IMG_4434 IMG_4371 IMG_4409 IMG_4416 IMG_4429 IMG_4430 IMG_4431 IMG_4433 IMG_4436 IMG_4437 IMG_4441 IMG_4469 IMG_4471

2º Período começou \o/

Oi gente tudo bem ? Para quem não sabe estou cursando jornalismo, o primeiro período foi de experiência, muitas coisas mudaram, todos os meus professores mudaram, pensei que pelo menos um continuaria dando aula para minha turma, pessoas saíram, minha amiga Dayse saiu ( o que me deixou um pouco triste ), espero que ela leia isso, kkkk.

Parece que meus amigos voltaram a todo vapor, eu já não aguentava mais ficar em casa, sim, podem falar que é loucura, mas eu já queria voltar a estudar =) Espero que esse semestre seja ótimo.

* Se você faz faculdade, deixe nos comentários o curso e como foi o seu período anterior ?

10553516_10204100719465638_1016462619736811862_n

Feliz dia dos pais

Mais um ano, e assim se segui, esse dia muitas das pessoas não podem comemorar de seu pai não esteja mais conosco, mas também tem pessoas que tem essa chance ainda, muitos já são pais, filhos, avôs, e esse dia é muito especial para reunir-se a família; Eu pude passar esse dia tão bonito com meu pai, e agradeço por mais um dia,posso dizer particularmente que fico feliz ao reunir minha família, todas as famílias tem seus problemas, mas a união entre eles é o que mais pode ser apreciado. Cá estou em quase terminando o dia dos pais, para desejar a todos os mais e mães, um FELIZ DIA DOS PAIS <3

602368_1382374385307341_891880401_n

Entrevista: Ramon Diego autor de Viagem rasa

10157188_567413376707350_4211719667042716350_n

Fiquei muito honrada de estar realizando essa entrevista.

1ª  O que motivou-lhe a escrever um livro ?
Primeiro queria dizer que é uma honra poder estar dando essa entrevista para um blog tão legal. Sobre escrever e o que me motivou, penso que talvez tenha sido os professores com os quais estudei, eles davam ótimas aulas sobre literatura e isso me deixava empolgado, com vontade de ler, depois de ler muita coisa, aí sim, comecei, aos poucos, a produzir um poema aqui outro acolá.
 O que faz quando tem algum ” bloqueio criativo” ?, se já teve, claro !
 Beatriz, acho que bloqueio é uma coisa com a qual todo escritor tem que lidar. Quando a poesia não fica legal, tem que se trabalhar, ajeitar daqui, dali, burilar o poema, até que ele fique redondinho e atenda as suas expectativas, sabe? Eu costumo ouvir música quando vou escrever, isso me deixa mais relaxado.
 Quanto tempo levou para escrevê-ló ?
 Eu nasci na Paraíba, mas moro em Nossa Senhora da Glória (SE) há algum tempo. Comecei a escrever no ensino médio, em 2006, por aí, de lá para cá venho tentando aprimorar o que escrevo, lapidar, trabalhar com essa matéria prima que é a palavra. Desde de 2010 pensava em publicar um livro sobre a efemeridade das coisas, no mesmo ano comecei a escrever o livro que publiquei apenas em 2013, o “Viagem Rasa”. O grande problema depois de escrito, é que eu não tinha grana para publicar, nem capa. O livro foi totalmente financiado pelos leitores  mediante uma campanha de captação de recursos para a publicação realizada pelo Facebook, na qual cada leitor contribuía para o livro com o que pensasse que valesse a poesia, também ganhei a capa do livro, de uma artista extremamente talentosa, humana e solidária, a Sandra Hiromoto (PR). Ou seja, juntando todo o processo, o livro demorou três anos para ser concluído.
4ª Foi difícil achar uma editora ?
 Como lancei o livro em formato independente, eu mesmo fiz a editoração e distribuição do mesmo. Mandei o projeto para uma gráfica de Aracaju e ela imprimiu os 400 exemplares. O problema das grandes editoras é que elas não chegam até os escritores iniciantes e isso gera um ciclo elitista dentro da Literatura, só é publicado o que eles já conhecem. O legal é que existem boas editoras hoje em dia, que publicam autores iniciantes, como a Patuá e a Oito e meio e quase sem custo para o autor, isso é genial.
5ª Dê uma dica para os futuros escritos ?
 Uma dica para quem está escrevendo é procurar fazer com que os leitores conheçam sua obra, suas poesias, seus contos, fazer com que o seu material chegue até as bibliotecas, alunos, professores, eles serão os maiores divulgadores desse material.
* Foi muito bom fazer essa entrevista e que tenha sucesso com sua obra, agradeço mais uma vez por ter realizado essa entrevista, muito obrigada.
Ass: Beatriz Gil Figueiredo

Nas Telonas #7

o-mercado-de-noticias_t80534_jpg_210x312_crop_upscale_q90  Um painel sobre mídia e democracia, incluindo uma breve história da imprensa, desde o seu surgimento, no século 17, até hoje. O papel da imprensa na construção da opinião pública, seus interesses ideológicos, políticos e econômicos, com base livre na peça homônima de Ben Jonson.

vestido-para-casar_t77484_jpg_210x312_crop_upscale_q90 No dia de seu casamento, Fernando se envolve em uma confusão: ele rasga o vestido de alta costura de uma mulher. O problema é que a mulher está com o amante e precisa voltar para casa com o vestido.

the-rover_t57167_2_jpg_210x312_crop_upscale_q90 Dez anos após o colapso do sistema econômico ocidental, os recursos minerais da Austrália atraem multidões desesperadas e perigosas para a região costeira do país. Com a sociedade em declínio, o estado de direito se desintegrou e a vida não vale nada. Eric (Guy Pierce) é um homem frio e nervoso que deixou tudo e todos para trás. Quando seu carro – seu último bem – é roubado por uma gangue de bandidos no deserto, Eric embarca em uma missão implacável para encontrá-los. Ao longo do caminho, ele é obrigado a encarar uma relação improvável com Rey (Robert Pattinson), o irmão mais novo ingênuo e ferido de Henry (Scoot McNairy), um membro da gangue que deixou Rey para trás, depois do último sangrento assalto da quadrilha.

a-pelada_t53866_jpg_210x312_crop_upscale_q90 “A Pelada” conta a história de um jovem casal, Caio e Sandra, que acha necessário passar por experiências novas para reanimar a paixão de seu casamento, em sua primeira crise séria. Eles enfrentam situações cada vez mais constrangedoras e cômicas, sem que melhoria nenhuma se realize no seu casamento.

Triste história da Cassidy Stay

No mês passado, Cassidy Stay, uma garota de 15 anos americana, passou pelo pior momento de sua vida, pois o ex-marido de sua tia assassinou a tiros seus pais e seus quatro irmãos. Cassidy só sobreviveu porque levou um tiro de raspão e fingiu-se de morta. No funeral da família, a menina afirmou que encontrou forças através de Harry Potter e citou uma frase bastante marcante de Dumbledore: “A felicidade pode ser encontrada mesmo nas horas mais sombrias, se você se lembrar de acender a luz”.

Depois disso, uma página no Facebook foi criada em apoio a Cassidy, que atualmente já possui mais de 4 mil seguidores, dizendo: “Queremos que J.K. Rowling conheça Cassidy Stay”. Rowling, então, ficou sabendo do ocorrido e enviou à garota uma carta pessoal que contém alguns parágrafos escritos sob a perspectiva de Dumbledore. A menina também recebeu uma varinha, uma carta de Hogwarts, uma lista do material escolar da escola de magia e um livro autografado do Prisioneiro de Azkaban. Harry Potter mostrando mais uma vez sua importância para a sociedade.

cassidy